Escritora de Alma
Vamos falar sobre o que toca a alma humana?
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
O tempo agora parece sombrio, o medo percorre nas ruas e atinge os lares. 

O tempo agora parece escuro, nuvens carregadas pairam no céu, os ventos gelados esfriam os corações. 

O tempo parece nada favorável ao ser humano, eis que a reflexão sobre a vida se transforma em um paradoxo, desencadeando mudanças no tempo.

A filosofia da vida rasga o véu escuro do tempo, permitindo que raios de luz iluminem o céu e uma nova de enxergar o Universo é permitida. 

O ser humano é convidado a (re) aprender a ler o olhar do próximo e a captar a essência escondida nas profundezas dos olhos. À medida que se rasga esse véu, a natureza possibilita outras leituras, por meio de mensagens cuja finalidade é renovar a fé e a esperança. 

É chegado o momento de ressignificar a passagem de cada um de nós pelo plneta Terra e avançar no processo de evolução espiritual. Chegou a hora em que o SER supera o TER, isto é, o simples brilha, irradia e vale mais que um diamante.

Alcançou-se o tempo em que as conexões se fortalecem, as pontes se tornaram mais sólidas, sentimentos entrelaçados, apesar da distância física.

No mundo virtual, telefônico, as palavras de ordem e mais propagadas nesses últimos dias são: paz, harmonia, equilíbrio, fé e afeto; e elas nunca fizeram tanto sentido como agora.

A época é propícia para que a alma dance ao som das vibrações positivas e se perfume com o romantismo presente nas poesias. 

As lembranças alojadas na mente e a saudade no coração faz recordar que os instantes de um dia, de uma noite, fizeram muita diferença no enredo da vida e, a partir dessa ocasião, teremos a certeza que continuarão fazendo a diferença na caminhada terrena.

Essa atmosfera que se forma nos últimos dias permitiu o florescer da solidariedade, do altruísmo, da perseverança no terreno sagrado do coração, manifestando em cada gesto, por mais singelo que fosse, rebatendo a energia do individualismo, do egoísmo e dos sentimentos inferiores que apareceram.

O amanhecer permite-nos ver a transparência, a força e a correnteza de um rio perceber que água não apena limpa não o ambiente, mas a alma humana. 

As inspirações divinas existentes no planeta Terra, como o canto dos pássaros, o desabrochar da flor, e a beleza do luar (superlua), tornaram-se um verdadeiro oásis, rasgando ainda mais o véu escuro.

A busca pela magia, pelo encantamento da vida batem a nossa porta, esperando que cada um abra e descubra o que existe nas entrelinhas do livro da vida. 

Então, a filosofia da vida questiona a cada um de nós: o que difere esse momento dos demais? As palavras se tornam pobres para responder a tal questionamento. O amor presente e que brota da essência humana circula no mundo, tornando um lugar melhor para viver, apesar de todas as agruras e sopros sombrios.

A resposta para esta pergunta vem acompanhada de uma mensagem deixada por Cristo quando habitou nesta Terra. A nossa empreitada no plano físico é: Amar o próximo.
 
Escritora de Alma
Enviado por Escritora de Alma em 07/05/2020
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links